14/03/2017

LIDO: Dearly Departed & Beloved - Lia Habel


 Olá, Wolfpack! Hoje a coluna LIDO vem em dose dupla: irei falar sobre Dearly, Departed e Dearly, Beloved, ambos volumes da trilogia "Gone With the Respiration", da autora Lia Habel. Resumirei minha opinião sobre os acontecimentos gerais, já que não consigo dividir quais são de um e do outro livro, mas tentarei ao máximo não soltar spoilers.



Nome: Dearly, Departed
Série: Gone With the Respiration (#1)
Autora: Lia Habel
Editora: I-D 
Páginas: 480
Ano: 2012
ISBN: 9788516080372
Classificação★★★★ (4,2 Estrelas)
Sinopse: Ela é Nora Dearly, uma garota neovitoriana de 17 anos que sofre com a morte dos pais e vive infeliz aos cuidados da tia interesseira. Ele é Bram Griswold, um jovem soldado punk, corajoso, lindo nobre...e morto! No ano de 2187, em meio a uma violenta guerra entre vitorianos e punks, surge um perigoso vírus, capaz de matar e trazer novamente à vida.


Nome: Dearly, Beloved
Série: Gone With the Respiration (#2)
Autora: Lia Habel
Editora: I-D 
Páginas: 513
Ano: 2013
ISBN: 9788516085797
Classificação★★★★ (4,2 Estrelas)
Sinopse: Estariam eles de volta à estaca zero? Haveria mais um Cerco? Os mortos seriam caçados novamente?
Neste segundo volume da série, a insegurança e o medo voltam a dominar a cidade de Nova Londres e a ameaçar a convivência pacífica entre todos. E, uma pessoa em especial vai aproveitar esse clima de guerra e fará de tudo para destruir o amor entre Nora e Bram. Será que vai conseguir?
  Positivo //  Negativo //   Neutro

 Personagens: Uma coisa que me incomodou bastante durante a leitura foi a superficialidade de alguns personagens. Eles começam e terminam a estória exatamente iguais, sem evoluções ou mudanças de personalidade. Pode ser bom para quem gosta de um personagem daquele jeito no qual conheceu, mas senti falta de amadurecimento em quase todos - principalmente em Nora. No segundo livro, apesar de ser uma das protagonistas, ela é a menos interessante. A única personagem que realmente me agradou foi a Pamela, amiga de Nora, que evolui bastante na ponte do primeiro para o segundo. Se não fosse as personalidade forte dos zumbis integrantes da Organização Z (os "bonzinhos"), acredito que eu não teria continuado a leitura. Ainda assim, consegui dar algumas risadas com o relacionamento da Nora com o Bram. Nota 3,5

▲ Cenário: A autora conseguiu me transmitir perfeitamente todos os cenários do livro; dos Campos Elísios á Nova Londres. Fiquei fascinado imaginando tais lugares e, visualmente falando, acredito que seria uma ótima aposta para adaptação cinematográfica. Nota: 4,7

▲ Desenvolvimento: Desde as primeiras páginas já notei a falta de foco da autora. Acredito que seu maior erro fora não imaginar um final ANTES de começar a escrever a trilogia. No primeiro volume conseguimos fechar os olhos para a falta de um "plano maior", mas no segundo isso fica evidente quando ela atira para t-o-d-o-s os lados e coloca 7 narradores com suas estórias que, embora sejam ambientadas no mesmo universo, são completamente divergentes em relação á seus propósitos. Se você quer o desenvolvimento de UMA trama, cai fora. Mas, se você gosta de pequenos núcleos e vários pontos de vista (como uma novela do sbt), recomendo que leia. Apesar da falta de foco ter me incomodado bastante, em nenhum momento me vi entediado ou desmotivado. Uma coisa a autora soube fazer: construir bem os núcleos, mesmos que estes sejam mais que o dobro do limite imposto por ela mesma no começo da estória. Nota: 3,9

 Escrita: O modo como Habel conduz os acontecimentos é intenso... isso quando ela não se perde nos devaneios dos protagonistas. Apesar da narrativa direta, ela preza muito pela persona interior dos personagens - o que acaba deixando o resto todo de fora por longos momentos. Nota: 3,5

▲ Final: O final foi, surpreendentemente, bom. Senti que a autora tomou de volta um pouco do controle que havia perdido ao longo da obra. Os problemas pessoais dos personagens foram resolvidos ou encaminhados para uma possível solução, e a principal linha da premissa - o vírus - finalmente voltou a ser o foco. Muitas coisas ficaram vagas, mas provavelmente serão respondidas no último volume. Este que, por sinal, não foi nem começado a ser escrito! A autora falou que se recusa a mexer no enredo até que obtenha todos os direitos de volta :d Nota: 4,0

▲ Edição: Como sempre, a falecida ID fez um ótimo trabalho com a edição. Material de qualidade, fontes confortavelmente grandes e, o mais importante, não encontrei nenhum erro de digitação e foram poucos os erros gramaticais. Nota 5,0

Comentário Geral: Apesar de todos os defeitos, Gone with the Respiration é uma trilogia que prende bastante o leitor. Se tiver com intenção de ler os dois volumes publicados, tenha em mente que a autora vai cair em buracos criados por ela mesma, mas que, no fim, as coisas vão dar certo. Ou quase isso...
Nota Final: 4,2

 

14 comentários:

  1. Oi Fabio,
    Adorei a montagem da sua resenha, que legal \o
    E tenho vontade de ler esses livros desde que essa editora existia, acho que nem chegaram a publicar o terceiro né? Gostava das publicações deles, achava as capas lindas.

    Fiquei curiosa, apesar das ressalvas. Bem interessante ainda, ter zumbi envolvido.

    tenha uma ótima quarta =D
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Nana! Muito obrigado :D
      Então, infelizmente a autora ainda nem começou a escrever o terceiro :/ mas acho que, quando ela finalmente lança-lo, alguma outra editora deve se interessar e comprar os direitos.
      Abraço!

      Excluir
  2. Oie

    Sua resenha ficou excelente, pena para as ressalvas.
    Eu também me sinto irritada quando os personagens não tem uma evolução durante a história.
    Pena também a falta de foco da autora, mas não descarto a leitura de vez, talvez mais para a frente.
    As capas são lindas.

    bjs
    Fernanda Y.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Fernanda! Obrigado :)
      Realmente, essa série conseguiu prender minha atenção mesmo com tantos erros. Espero que a autora finalize bem, né? Acredito que, com o minimo de esforço, ela pode salvar o enredo em geral.

      Abraço!

      Excluir
  3. Oiee, nossa pensei que era um livro de epoca pela capa, mas é distopia! que pena que tiveram esses pontos negativos, desanima bastante na hora de ler.

    Bjs jany
    www.leituraentreamigas.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Jany!
      É uma mistura louca de livro de época com distopia, vai além do steampunk haha
      Abraço!

      Excluir
  4. Olá Fabio, tudo bem?
    Nossa, que livros são esses? Como nunca ouvi falar sobre eles antes? A premissa é muuuito interessante, espero que os pontos negativos, como os buracos que você mencionou, não acabem pesando muito de uma maneira geral.

    enquantoleitora.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Então, as falhas não atrapalharam a minha leitura, mas tem gente que abandonou os livros por elas. Eu particularmente tenho esperanças para um fim digno haha
      Abraço!

      Excluir
  5. Fabio, não conhecia esses livros e estou me perguntando como nunca ouvi falar sobre eles! Gostei muito da sua resenha e vou dar uma procurada por eles.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Que bom que se interessou, espero que faça uma boa leitura ;D
      Abraço!

      Excluir
  6. Oi, tudo bem? Eu não conhecia essas histórias e a autora. Eu não gosto muito de histórias com zumbis, não é minha praia mesmo rs Mas adorei a forma como construiu a resenha dupla sem soltar spoilers e fazendo com que fiquemos interessados, mas é ruim quando o autor perde o foco da história... Fica algo muito ruim. Parabéns. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado!
      Realmente, é horrível a falta de planejamento. Mas ainda tenho esperanças sobre o ultimo volume.
      Abraço!

      Excluir
  7. Oiê Fábio, tudo bem??
    Eu sempre tive vontade de ler este livro, mas depois o tempo foi passando e vontade foi passando... nunca mais tinha ouvido falar até chegar aqui e ler a sua resenha dos dois primeiros livros... o que me deixa com medo é isso porque a editora se foi e parece que o terceiro livro ficou no ar né. Enfim, que bom que apesar das ressalvas até que a leitura foi boa, e a parte da revisão ficou tudo certinho. Xero!!!

    minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Dih! Obrigado!
      Realmente, antes a editora que não tivesse traduzido, né? mas a autora nem começou a escrever o ultimo... haja paciência haha
      Abraço!

      Excluir